Rasoterra

rasoterra barcelona

Esse é mais uma dica de um restaurante vegetariano em Barcelona que vale muito a pena conhecer. O Rasoterra fica bem perto da pracinha vega que falei, mas um pouquinho mais afastado do centro turístico, mesmo sendo pra mim tudo muito perto por ali. Esse bairro parece meio alternativo, com umas lojas de arte com grafite, roupas mudernas e coisas assim.

O diferencial do Rasoterra é que é uma comida mais elaborada que o Vegetalia e parece que a grande maioria dos ingredientes usados são criados pelo pessoal do restaurante mesmo, num esquema meio urban gardening, meio DIY, que é bem legal.

Continuar lendo

Anúncios

Vegetalia

O VegBerlin foi a Barcelona, e claro que adorou! Entre os maravilhosos tapas de vegetais , vinhos legais e cerveja estrela, deu pra conhecer a cena vega de lá, que por sinal é bem legal e criativa. Vale super a pena conhecer, até pra quem não é vegetariano. Sem esse de deixar o melhor pro final ou ter medo do lustre cair na comida, os 2 restaurantes que fui eram igualmente bons, sendo esse primeiro, só o primeiro mesmo, sem critério de preferência.

barcelona vegetariana

Continuar lendo

Burrito baby

Yey! O Vegberlin finalmente foi a Neunkölln!

De fato foi-se o tempo que os bairros alternativos de Berlin eram Prenzlauerberg e Krezberg. Hoje em dia no primeiro o que tem mais é café pra mamães na casa dos 40 anos que gostam de leite de amendoa no capuccino e Kreuzberg tem mais turista que qualquer coisa, mesmo que ambos ainda tenham seu charme e alguns habitantes e lugares originais.

Os predios em geral foram reformados, e os preços dos alugueis subiram bastante. Os jovens, estrangeiros, estudantes, que não tem assim um monte de grana pra pagar em aluguel acabaram indo pra outros lugares e Neunkölln têm se tornado nessa onda, um lugar bem popular. O bairro mudou de cara e o processo de gentrificação já começou por lá, com bares e restaurantes bacaninhas que nem esse dos burritos gostosos!

burrito baby berlin Continuar lendo

Café V

cafe V berlin

Eu acho que do meu signo astral, a única característica típica que tenho é a de ser ranzinza (ranzinzice existe?). Acho isso muito chato, como boa rabugenta, pois como capricorniana, era pra eu ser é RYKA! em vez de reclamona, mas enfim. Não dá pra ter tudo, né. Eu reclamo e reclamo que não gosto da estética sujinha de Kreuzberg, mas não tem como negar que é o lugar mais vega de Berlin. Os restaurantes mais bacanas estão lá e os bares também. É cool, é um must see. Quem não vai, tá perdendo. Continuar lendo

O novo Risoto

paella vegetariana

Quando era pequena (lá em barbacena), sempre que cozinhavam frango lá em casa, no dia seguinte era certo ter o que chamavam de risoto. Era basicamente as sobras do frango com arroz, cenoura, ervilha e se pá até milho. Se fosse mais no capricho ainda, tinha queijo ralado ou batata palha por cima de tudo. Continuar lendo

Sorriso integrale

O veg berlin está atualmente apaixonado pela Italia. Impressionante, é uma passione! Hahahaha. Que piada sem graça!! 🙂

Enfim, falando menos bobosol, estava de férias no sul da Italia, e não queria voltar de lá, mesmo que comendo massa todo dia!

vista de napoles Continuar lendo

Momos Berlim

Outro dia a Camila me chamou para um novo restaurante veggie que ela achou pelo famoso site happycow e que fica no caminho do centro pra casa então perfeito para uma comidinha “afterwork”. O nome é Momos e eu estava associando logo a romance de fantasia “Momo” do Michael Ende que adorei ler quando era menino. Mas em vez de uma porta para entrar numa viagem no tempo encontramos uma lanchonete bonitinha numa rua charmosa e quietinha com arvore e sol da tarde perto da praça “Rosa-Luxemburg”. O nome “Momos” vem de um streetfood da região do Nepal nesse caso adaptados no sabor bio-veggie dos Berlinenses. São dumplings recheadas tipo ravioli ou gyoza preparado fresquinho na hora e cozido no vapor. Um dos dois donos estava atendendo pessoalmente no balcao super simpatico e ajudou na escolha do prato. Eles oferecem tres tipos de tamanho de prato que variam em quantidade e na variação dos dumplings e dos molhos acompanhando.

dono simpatico atendendo pessoalmente no balcao

dono simpatico atendendo pessoalmente no balcao

Continuar lendo

Morgenrot

Tem uns dias atras que foi o fete de la musique. É um evento onde várias bandas ficam tocando pela rua em varias cidades do mundo ao mesmo tempo. Das outras vezes que teve essa festa desde que moro em Berlin, fez tempo ruim e me desanimei de investigar, mas dessa vez tava ensolarado e pra aproveitar, fui comer uma comidinha vega antes e contar como foi! 🙂

morgenrot Continuar lendo