Carne de papel

Essa semana, como acontece as vezes com as midias brasileiras, as pessoas se dividiram entre os vegetarianos tirando onda da noticia que os frigorificos servem carne estragada e de papelão, e os comedores de carne reclamando dos vegetarianos. Sinceramente, que preguiça dos dois lados! Eu até entendo (inclusive bem) que vegetarianos queiram dar o troco de todas as mil vezes que algum comedor de carne boçal veio com aquela ladainha pentelha de “ah, mas as alfaces também têm sentimento”; “mas de onde você tira proteína?” e bla bla bla… Como quem comesse carne se preocupasse com valores nutricionais. Também entendo os comedores de carne reclamando que vegetarianismo à la Bela Gil é caro pra caramba e povo que come joelho não tem dinheiro pra comprar oleo de coco e bife de seitan. Com certeza! Continuar lendo

Lá e de volta outra vez

De Vila do Capão pro Vale do Paty e de volta pra cidade, infelizmente. Vontade que dá é de ficar por lá, num dos lugares com energia mais legal, mais lindos e super vegetarian friendly. Um dos destinos que não se pode deixar de conhecer no Brasil! 🙂

chapada diamantina Continuar lendo

Beterraba

É com pesar no coração que eu faço esse post, viu? Pohan, Beterraba era tipo O MELHOR restaurante VEGAN do Rio, na época que ficava ali perto do CCBB, na rua da Alfandega. Lá eu comi um sensacional gnocchi de aipim (mandioca, ok?) com molho pesto de rúcula, comi uma moqueca de beringela DIVINA, comi bolinhos de arroz integral com gengibre, e várias outras coisas que me faziam super feliz. Sim, comi, era, tudo no pretérito, porque de incrível esse restaurante não tem mais NADA!!! São uns fracos, que se venderam, quando se mudaram pra praça Mauá. Malditos! Até a decoração deles ficou feia!

Beterraba restaurante Continuar lendo

Lotus Chinês

Eu coloquei Lotus chinês, porque espero um dia escrever do Lotus thailandês de São Paulo (fome só de pensar!). Enfim, continuando minhas férias, acabei parando em Campinas. Sim, rodeio, hopi hari e Sandy e Junior Campinas. Mas como assim tinha restaurante vega lá? Bom, mas lá também tem Unicamp, né? Boa parte da freguesia desse restaurante suspeito que é de lá mesmo!

Pra começar o post, brincadeira infame de carioca que faz todo Brasileiro odiar a gente. Vamos combinar que tudo que escrever hoje tem que ler com RRR tipo do Gustavo Lima, tá bom? Vamos lá, todo mundo falando poRRRRta!!

Enfim, quem for ali da area (como meu colega de trabalho) vai me corrigir dizendo que onde eu fui era Barão Geraldo e não Campinas. Tá, pode até ser, mas se fosse tudo assim certinho e Unicamp ficasse tão longe de Campinas ao ponto de não poder ser chamada de Unicamp e mudassem o nome pra Barãogeracamp (not!) ai, sim eu corrigia e falava que o Lotus ficava em Barão Geraldo e não em Campinas, beleza?

lotus barao geraldo Continuar lendo

Point açai

VegBerlin saiu de férias, gentchi! Não, eu não abandonei a investigação antropológica-gastronomica, eu só fui visitar familia e amigos Brasil afora. Ai é claro que não ia perder a oportunidade de comer uns feijãozinho vega, né?

porto seguro Continuar lendo