Lá e de volta outra vez

De Vila do Capão pro Vale do Paty e de volta pra cidade, infelizmente. Vontade que dá é de ficar por lá, num dos lugares com energia mais legal, mais lindos e super vegetarian friendly. Um dos destinos que não se pode deixar de conhecer no Brasil! 🙂

chapada diamantina Continuar lendo

Anúncios

Pirates, Banksy, Bristolpounds & Veggieburgers

Hello dear readers of vegberlin,

I was not posting anything the last months (!) and Camila already threatened to ban me of it. So I finally decided to write a post and by dooing so, internationalize it a bit. But thats not the only reason, why I write in English this time, its also because it is about a place in the UK – this time its all about Bristol! 🙂

a city with maritime flair

a city with maritime flair

Continuar lendo

Winterfell food

Tem mais ou menos uma semana que finalmente começou a nevar por aqui. A temperatura caiu bastante e chegou a fazer quase -20 um dia desses. Isso pede uma forma toda diferente de viver. No meu caso, não sair mais de casa e tomar muita sopa! Comidas pesadas, com muita batata também entram em cena. Foi ai que resolvi testar um presente que ganhei de aniversário que adorei: livro de receitas do Game of thrones!! 🙂

game of thrones food Continuar lendo

O novo Risoto

paella vegetariana

Quando era pequena (lá em barbacena), sempre que cozinhavam frango lá em casa, no dia seguinte era certo ter o que chamavam de risoto. Era basicamente as sobras do frango com arroz, cenoura, ervilha e se pá até milho. Se fosse mais no capricho ainda, tinha queijo ralado ou batata palha por cima de tudo. Continuar lendo

Testes em animais

Tava querendo fazer um post sobre testes em animais, desde que as internet ficou cheia de cachorrinhos fofos resgatados em um laboratorio no Brasil. Um monte de gente comentando que é feio teste e vários comentários.. De fato, tem muita coisa pra falar e por causa do tanto que tem, eu fiquei procrastinando pra escrever! Continuar lendo

As árvores somos nozes

Olha que legal o video!

Lá em casa tem no pátio que dá pros fundos, uns jardins em frente que são tipo uns lotes de terra pras pessoas poderem plantar um jardim. Eu chamo carinhosamente de os jardinsinhos, mas em alemão tem um nome próprio pra isso (obvio), que é Schrebergärten (arrrrrrrr – desafio a falar isso com a boca cheia de farofa, rá!). Enfim, ai bem atrás do nosso prédio tem um lote lá, de um senhor aposentado simpático, apelidado obviamente de gartenmann. Enfim, lá no jardim do gartenmann tem uma árvore linda imensa e mara de nozes (e esquilos!) e por volta de outubro as nozes cai tudo. Boa parte (eba!) lá no nosso patio (ou hof, como se fala por aqui).

Diz a lei alemoa que quando tem uma árvore e os frutos caem pro seu lado da cerca, é seu. O que cai pro lado de lá da cerca, não é seu, então fingerweg! Tem umas outras leis legais também, como por xemplo a que diz que se você pedir sua conta no restaurante 3x e o garçon não trazer, pode sair sem pagar (deviam fazer isso no Rio também, né!). Enfim, mas a lei das árvores faz com que todo ano uma quantidade bizarra de nozes estejam ali no pátio pra serem recolhidas.

Lindo! Dá pra fazer a torta de nozes da Dona Neuza, comer nozes e fingir que são cerébros e eu um zumbi e ainda fazer leite de nozes. Chega logo Outubro!

Receitas de Yotam Ottolenghi

Yotam Ottolenghi

(Infelizmente) a vida não é só de comer fora em restaurantes bacanas! Quinta feira agora eu até que descobri um chinês bem tradicional bem perto de casa que foi uma delícia, mas isso é assunto pra outro dia. Hoje vou mostrar o livro sensacional que ganhei de presente de aniversário da Sabine! Adorei! Continuar lendo

Ian MacKaye

Tem umas pessoas que falam umas coisas que super fazer sentido. Ian MacKaye é uma delas. Já notei uma certa tendencia minha em corcordar enfaticamente com grande parte das afirmacoes que ele faz, seja em musica ou falando.. Ou isso significa que eu acho o cara super bacana e já nao tenho muito senso critico (pode ser mesmo), ou isso significa que ele fala coisas relevantes.

O video abaixo foi um caso desses. Acho que eu nao poderia ter dito de maneira mais certa!