Há Mathapa e Makofo vegetariano no Roda Viva em Lisboa

Como a Camila já falou no ultimo post, há pouco tempo fomos para Lisboa. Nem só aproveitamos um solzinho gostoso e temperaturas acima de 20 graus, mas também curtimos umas comidas e bebidas gostosissimas. Pela bebida todo mundo sabe que no Portugal nada é melhor do que um vinho verde ou um bom vinho tinto da regiao de Douro ou de Dão. E claro que não se passa um dia de ferias em Lisboa sem comer o famoso pastel de Belem ou de Nata :-).

IMG_20160318_172929

O gostoso pastel de nata da confeitaria Manteigaria no Chiado

Continuar lendo

Rübengemüse, Grünkohl e Pinkel

comidinhas do inverno – pt.1

Quando as temperaturas lá fora estão caindo, aqui na Alemanha começa a epoca das comidas gostosas do inverno. Tem certas coisas que só fazem sentido comer nessa epoca, sejá por que só crescem entre outono e primavera ou simplesmente por que tem um valor calorico bem mais alto. E como nós nos paises frios sabemos bem: pra aquecer o corpo precisa queimar energia :-).

IMG_20151205_160610_1

Beterraba e outros raizes – comida tipica do inverno alemão

Continuar lendo

O melhor cheescake de Hamburgo e outras delicias no “Mamalicious”

O velho porto de Hamburgo, hoje ponto de saide de passeio de barco e ótimo lugar pra passeiar e ver navios passando.

O velho porto de Hamburgo, hoje ponto de saida de passeio de barco e ótimo lugar pra passeiar e ver navios passando.

Hamburgo não é só uma cidade portuaria no norte da Alemanha com muita historia. Hamburgo é um universo proprio de varias cenas culturais cheio de influencias de todo lugar do mundo. Localizado na beira do rio Elbe, que nasce na Republica tcheca, cruza a Alemanha inteira e corre na direção do mar do norte, Hamburgo conecta o sul e o interiror da Alemanha com o Atlantico. Continuar lendo

Veggie em Tirol/ Alto Adige

Ano passado me mandaram pra trabalhar no sul de uma região que pertence a dois paises: Austria e Italia – para o Tirol ou como os Italianos chamam: o Alto Adige. Brasileiros devem ter ouvido da região pelo chapel “tirolês” e uns devem saber que o Tirol é cheio de castelos medivais. Mas a fama no lado culinario da região é quase completamente carnivora. Que é uma pena por que a localização climatica no sul dos alpes permite a plantação de bastante legumes e frutas. Pelo menos uma sobremesa vegetariana tipica de Tirol deve ter ficado conhecida no Brasil também – o maravilhoso “Kaiserschmarrn”.

o castelo que deu o nome para a regiao inteira. hoje tem um vilarejo do lado aproveitando muito bem do turismo que recebe milhares de visitantes no ano inteiro de qualquer canto do mundo.

O castelo Tirol que deu o nome para a regiao inteira. Hoje tem um vilarejo do lado aproveitando muito bem do turismo que recebe milhares de visitantes no ano inteiro de qualquer canto do mundo.

Continuar lendo

Pirates, Banksy, Bristolpounds & Veggieburgers

Hello dear readers of vegberlin,

I was not posting anything the last months (!) and Camila already threatened to ban me of it. So I finally decided to write a post and by dooing so, internationalize it a bit. But thats not the only reason, why I write in English this time, its also because it is about a place in the UK – this time its all about Bristol! 🙂

a city with maritime flair

a city with maritime flair

Continuar lendo

Piadina Salentina

Queridos leitores,

com muito orgulho apresento a vocês: o primeiro kebap vegan artesanal da Italia, se não do mundo :-).

Durante nossas ferias na Italía este outubro passamos tambem em Lecce na provincia Puglia no sul do pais. É uma cidade bastante antiga onde até hoje ainda tem um amfiteatro dos romanos no centro. Fomos pra lá para parar o carro e buscar alguma coisa pra comer. Como na Italia quase tudo é gostoso e sempre tem alguma opção vegetariana, não ficamos preocupados de achar algo. Mas com muita surpresa realisamos que paramos axatamente do lado de um pequeno restaurante, chamado “Piadina Salentina” onde estava escrito com letras grandes: “Vegan Kebab”!

primeiro kebab vegan artesanal da Italia em Lecce, Puglia

primeiro kebab vegan artesanal da Italia em Lecce, Puglia

Continuar lendo

Berlin is the new New York but Detroit is the new Berlin! :-)

Tem gente que diz que Berlim é a nova Nova York – o que não é verdade claro! Mas se é possivel criar uma conecção entre uma cidade americana e uma alemã, eu diria que Detroit tem muita coisa que Berlim também tem ou pelo menos teve. Vou deixar a cena de musica eletronica do lado (as duas tem linkes fortes) e falar só da produção de legumes e frutas nas proprias hortas dos cidadões. Berlim é famoso pelos “Schrebergärten” que são unidades pequenas de jardins no meio da cidade. É um resquício da epoca pois guerra. Não tinha comida suficiente nas lojas pra todo mundo, então o governo da cidade liberou espaços livres urbanas para plantar as proprias batatas, alfaçes, repolhos, tomates, macieiras, cerejeiras etc. Isso só foi possivel por que a cidade era destruida e não tinha capacidade de ser reconstruida tão rapido. Hoje em dia ainda tem areas de tamanho de um bairro inteiro no meio da cidade – ocupado pelos jardins urbanas dos proprios moradores dos predios do lado. Meus proprios tios tem um jardinzinho que não só serve como area de lazer nos finais de semana, mas também como horta magica que produiz todo ano uma imensa quantidade de legumes e frutas para familia e amigos.

eu no "Schrebergarten" (jardinzinho urbano berlinense) dos meus tios uns anos atras.

eu no “Schrebergarten” (jardinzinho urbano berlinense) dos meus tios.

Continuar lendo

vegan “Rastaround” the clock, Augsburg

Numa dessas ultimas viajens de trabalho eu parei em Augsburg na Bavaria. É uma cidade super historica que até os velhos romanos frequentaram e deixaram seus rastros. A catedral da cidade e gigantesca e super famosa, tem umas ruelas por volta que deixam os visitantes voltar pros tempos dos seculos passados. Apesar de ter um lado bem tradicional, se acha também uma galera alternativa que formou um centro sociocultural, frequenta bares punkrock ou adora uma boa comida vegan. Abrindo meu app do happycow achei logo o “Ilhani’s Rastaround” bem do lado da catedral.

antiga e famosa catedral de Augsburg

antiga e famosa catedral de Augsburg

Continuar lendo

Momos Berlim

Outro dia a Camila me chamou para um novo restaurante veggie que ela achou pelo famoso site happycow e que fica no caminho do centro pra casa então perfeito para uma comidinha “afterwork”. O nome é Momos e eu estava associando logo a romance de fantasia “Momo” do Michael Ende que adorei ler quando era menino. Mas em vez de uma porta para entrar numa viagem no tempo encontramos uma lanchonete bonitinha numa rua charmosa e quietinha com arvore e sol da tarde perto da praça “Rosa-Luxemburg”. O nome “Momos” vem de um streetfood da região do Nepal nesse caso adaptados no sabor bio-veggie dos Berlinenses. São dumplings recheadas tipo ravioli ou gyoza preparado fresquinho na hora e cozido no vapor. Um dos dois donos estava atendendo pessoalmente no balcao super simpatico e ajudou na escolha do prato. Eles oferecem tres tipos de tamanho de prato que variam em quantidade e na variação dos dumplings e dos molhos acompanhando.

dono simpatico atendendo pessoalmente no balcao

dono simpatico atendendo pessoalmente no balcao

Continuar lendo