Café Clock

cafe clock marrakech

Marrocos voltou, porque as comidinhas de lá realmente eram muito boas. Esse restaurante deixou saudade, pela comida, pelo serviço, pelo ambiente e até pelo preço! Na verdade não sei nem se caracteriza como restaurante, porque eles servem comida, ok; mas além disso, oferecem curso de cozinha, linguas e outros, apresentações de dança e musica, e demais eventos culturais. Tanto em Fes (que é o primeiro), quanto em Marrakesh, são centros de encontro do que eles chamam de “comunidade expat”(riada) de Marrocos. É uma versão um pouco mais ocidentalizada da coisa, eu acho.cafe clock marrakech O nome do café é por conta do relógio de agua que fica na mesquita em frente ao predio. A dica é chegar lá perto dos horarios que o tio chama pra rezar. Não que você vá pra mesquita, o que não te deixam se você não é muçulmano (mas pra mim não barraram, porque tenho cara de marroquina, rá!), mas a cantoria é linda! Eles cantam de manhazinha, perto da hora do almoço, se não me engano mais uma vez no meio da tarde, e de novo mais ou menos quando o sol se põe. O café tem uma laje, onde é o melhor lugar pra sentar, pegar sol, e escutar  o Muezzin, que é o tio que canta e em Marrocos é um carinha mesmo, não uma gravação como em muito lugar.

cafe clock marrakechSe a medina de Fes tivesse um centro, um dos lugares mais movimentados, acho que seria essa rua. Pra chegar lá é até meio desagradável, porque tem que passar por uma serie de açougues, que são meio abertos, e tem aquelas lojas de couro, que são uma atração da cidade, e fedem à beça… Ecow!!! Bom, ai quando você acha que se perdeu e nunca mais vai achar o café clock, tem uma plaquinha apontando pra entrar numa viela sinistra. É lá mesmo. Vai sem medo, que bem no fim tem uma porta pro café, que no verão tem até ar condicionado!

Em Marrakesh o café é mais fácil de achar, considerando que nunca é exatamente facil-facil, no Marrocos, e ainda mais, na Medina. Lá, porém, tem a super refência que fica pertinho do Kasbah, que não como não achar. O proprio menu faz referência ao the Clash, claro. Pronto, até eu lembrei disso. Ninguém tem pior senso de direção que eu.

Em relação à comida, tanto em Fes, quanto em Marrakesh, o cardapio é o mesmo, e tudo bem. Tem opções pra quem come carne, e pra quem não come carne. Pra quem é vegano, também tem opções felizes. Não são pratões pra matar super fome, mas pra um almoço leve, é sensacional! Na primeira foto lá em cima, por exemplo, dividi esse pratão de antipastos, que eram todos veganos. O copo de leite é de amendoas, que adicionei no café e fiquei feliz! Enfim, café clock não é dica nova; muito provavelmente vai estar em qualquer guia. Isso tem razão de ser, é bom mesmo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s