Morgen rot Brunch

brunch vegetariano berlin

Feliz ano novo! Que 2014 seja um ano bem gentil com todos! Pra começar bem o ano, vou fazer como no ano passado (só que sem neve) e falar de um brunch vegetariano muito bom aqui em Berlin!

Eu já tinha falado do Morgen rot nesse post aqui, que é um dos últimos lugares punkosos nesse mar burguês que PrenzlauerBerg se tornou. Não que isso seja totalmente ruim e que eu tenha vivido os anos punks (rá!), afinal se não fosse tão bio, burguês e tal, talvez não tivesse o veganz (porque é caro), mas também não teria as mães e kinder cafés(o que seria bom), mas enfim… não se pode ter tudo. Esse café não é besta e é vega, e por isso que eu gosto dele!

brunch vegetariano

O tempo passa e as minhas fotos não melhoram né? disfarça! Dá pra ver lá o café com um balcão self service com muita comida boa! Detalhe que nem tudo é vegano, tem algumas coisas com leite e queijo. A variedade mesmo assim é boa. Eu comi só coisa vegana e fiquei rolando depois de tanto comer! São mais pastinhas pra comer com pão, uns muslis e docinhos, couscous e salada de macarrão (um classico da culinária alemoa, aqui feito com maionese vegan).

ovo mexido vegano

Um dos responsáveis pela fama do brunch é o sensacional ovo mexido vegano do lugar. Sim! ovos mexidos veganos, seja lá como se faz isso. Fiquei meio desconfiada disso, mas ai comer dei toda a razão pra fama do prato. É muito bom e leve, a cura pra quem tem colesterol e ama ovos fritos! Eu percebi uns tofus, curry, cebola frita… vou ainda investigar isso. Tenho a impressão que já vi a receita e se conseguir, compartilho aqui a gostosura.

brunch vegetariano

Outra coisa que era muito boa, era um tal de queijo cremoso vegano, que imitava tipo um cream cheese, mas gente! Parecia meio que maionese, mas com gosto de curry, uma delicia! Na verdade era tudo bom, tinha uma pasta de ervilha, de beterraba, tofu com castanhas, cereal de chocolate vegano, fiquei até com fome agora!

brunch vegetariano

O ambiente é simples, mas legal. Tem um pessoal que parece ser uns originais de Prenslauerberg antes da gentrificação, tem uns estrangeiros tipo eu, tem umas familias de roupa funcional, familias chiques, todos tranquilos coexistindo felizes.

A coisa do preço eu tinha entendido errado da outra vez que fui lá. O preço do brunch sem bebida custa 8€, mas eles deixam você pagar 2€ a mais ou a menos, dependendo do seu bolso. Fica então custando 6 a 10 euros e você escolhe quanto paga. Na hora de pagar eles perguntam quanto quer pagar pelo brunch e você fala e pronto.

Uma outra observação é que brunch é muito popular na Alemanha, especialmente no final de semana. Felizmente alemão é pontual pra comer, então é só seguir no contra fluxo, que não tem problema pra achar lugar. A hora do rush costuma ser de 11 da manha as 13 horas. Chegando lá depois disso ainda tem comida e o bonde já passou. Pode então sentar e demorar na mesa o quanto quiser, porque o brunch vai ate 15 hr tranquilo. Bom, né!

Fiquei pensando se os alemães que imigraram pros EUA levaram a paixão por brunch com eles, porque numa serie bobinha que assisto de vez em quando, eles sempre falam disso. Ao contrário dos americanos, no entanto, aqui já vi gente indo comer brunch sozinha sim, hehehe!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s