Maria Bonita

No post de hoje vou começar pelo final; os sensacionais tacos do Maria Bonita.

maria bonita tacos berlin

Esse restaurante é um tex-mex da melhor qualidade feito por uns californianos de sotaque de verdade. Agora o negocio parece que cresceu e contrataram imigrantes abaixo do equador. Dessa vez que fomos lá tinha uma paulista atendendo as pessoas.  Enfim, quem sabe os donos nunca foram californianos e eram simplesmente uns sul africanos disfarçando sotaque. Quem viu o elysium, (que está em cartaz e é bem legal) sabe que esse sotaque ia ser problemático. Era capaz de ninguém entender! hehe

maria bonita berlin

Enfim, comentários maldosos de lado, o lugar do restaurantezinho eu acho bem simpático, bem despojado e com uns apetrechos legais na decoração, como bonecos lutadores e paredes mega pink. Isso sem falar dos pratos de metal, que toda vez que vou lá tenho vontade de levar pra casa.

maria bonita berlin

Você pede seu taco, tortilha ou o que for (já contei aqui que não sei a diferença e peço aleatóriamente), sua cerveja com limão e fica feliz. Eles tem michelada e margueritas lá também, mas recomendo moderação nos 2. A michelada vem com pimenta e é o poder e a marguerita é power na tequila. Melhor comer uns feijões antes! Aliás, falando de feijão, parece que a paulista não contou o segredo de deixar o feijão de molhos pros americanos, então se a ida nesse lugar for um date ou coisa parecida, melhor comer o feijão só se o par também comer. Sabe como é, casal que tem flatulência junto, permanece unido.

maria bonita berlin

Pra quem quiser ir lá, o endereço certo é Danziger Str. 33, Prenzlauer Berg. A estação de U2 eberswalder strasse fica bem perto de lá, o que adiciona também as linhas de tram M1 e M12, que vem de Mitte.

O restaurante em si não é vega, mas tem bastante opções vegetarianas, que são indicadas no cardápio com uma pimentinha fofis. Pros veganos não acho que tenha muita coisa além de guacamole e tequilas, infelizmente…

Esse restaurante é mais um lugar de verão, porque lá dentro é minimo e cabem tipo 8 pessoas no máximo sentadas. A boa mesmo é sentar fora e por conta disso nem mesmo sei direito se funcionam nos meses de inverno de verdade. Tenho a impressão que não.

Ok, Maria Bonita foi a recompensa pela missão cumprida de manhã. Axel e eu fomos em um bike hunting, pra nossa bike tour, que ainda vou falar aqui. Eu tinha uma bicicleta que em muito lembra uma caloi ceci, que é linda, roxa e tem cestinha. Muahh pra você, bike roxa! Só que a gente fez uma viagem ano passado e essa linda bicicleta não se mostrou a melhor escolha pra fazer onga distância, além do que não tinha muita marcha e era pesadona. Fomos então procurar um modelo que se chama de treking bike, mais esportiva da que eu tinha, que se chama de city bike.

leilão de bicicletas usadas

O evento é organizado pela prefeitura de Berlin, ou seja: é oficial. Cada 2 meses, juntam um monte de coisa achada e leiloam nessa casa depois dos depositos de ferro velho em schonenberg.

leilão de bicicletas usadas

As pessoas chegam 1 hora antes do leilão, avaliam as coisas, como o Axel examina cuidadosamente as melhores opções, anotam o numero e depois no leilão, o carinha só fala pelo numero e mostra uma foto. É bom examinar bem e trazer alguém que entende de bicicleta. O axel sabia dizer quais estavam em bom estado, o que precisava consertar, quanto ia custar mais o menos e quanto a bicicleta valeria se fosse nova. Assim, dá pra ter uma boa noção de quanto oferecer no máximo. Proxima vez a gente vai procurar uma pra ele!

schonenberg Aqui a minha nova super bicicleta pra treking! Tem várias coisas que são diferentes dessa e da minha fofa city bike roxa. Começando pela posição que o ciclista fica. Nessa aqui fica mais abaixado, o que é bom pra pegar velocidade. Na city bike, fica com as costas eretas, o que é bem confortável. Essa aqui tem mais marchas, com 2 engrenagens, enquanto a city tem só as marchas no pedal , que são 7. O pneu aqui é mais fino, bom pra pegar velocidade, o banco é mais estreito e a bicicleta em si é bem mais leve. Essa aqui teve ainda os bonus de um grip especial, que dá pra segurar com a bola do polegar e um amortecedor no banco, bom pra terreno acidentado. Na viagem, a gente chegou a 30k/h numa boa descida, o que seria bem dificil de alcalçar com a city bike. As duas são boas, mas pra funções diferentes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s