Vokü – cozinha do povo

Tem um lance aqui na Alemanha, que acho bem legal. Claro que o principio existe em varios lugares, nada mais é do que cozinha comunitária. Ok. Tem que existir mesmo. Mesmo assim, aqui tem um nome bacaninha, Vokü = Volksküche = cozinha do povo. Ou como gostam muito de escrever, Volxküche!:)

comida vegetariana berlin vokü

Continuar lendo

Veg in Rio

Pois é. Esse final de semana finalmente fez um sol aqui em Berlin e eu me lembrei do Rio. Eu tive lá recentemente, comi umas comidinhas legais, como é de costume lá. Não deu tempo de ver nada novo, mas visitei lugares já conhecidos que continuam valendo a pena!

comida vegetariana rio de janeiro cobal Continuar lendo

Há Mathapa e Makofo vegetariano no Roda Viva em Lisboa

Como a Camila já falou no ultimo post, há pouco tempo fomos para Lisboa. Nem só aproveitamos um solzinho gostoso e temperaturas acima de 20 graus, mas também curtimos umas comidas e bebidas gostosissimas. Pela bebida todo mundo sabe que no Portugal nada é melhor do que um vinho verde ou um bom vinho tinto da regiao de Douro ou de Dão. E claro que não se passa um dia de ferias em Lisboa sem comer o famoso pastel de Belem ou de Nata:-).

IMG_20160318_172929

O gostoso pastel de nata da confeitaria Manteigaria no Chiado

Continuar lendo

ChénChé

Nos proximos posts, não se surpreenda, porque vai ter uma enxurrada de dicas Lisboetas. Isso porque voltei da terrinha na outra semana. Enquanto isso, vou falar de um lugar maravilhoso aqui de Berlin: A casa de chá Chén Ché!

comida vegetariana berlin chenche Continuar lendo

Neontoaster

comida vegetariana berlin

Feliz 2016! Espero que tenham um ano muito legal, cheio de coisas boas e comidas (vegetarianas) super gostosas!

Pra voltar à tradição VegBerlin de começar o ano com um brunch legal, esse ano fomos à Wedding! Uma amiga do Axel super vegana e conhecedora de Italia deu a dica do café, que é justamente vegetariano e italiano. São 2 designers que colecionam moveis e louças vintage da alemanha oriental e fazem um brunch sensacional! O melhor é que se pode até tomar um limoncello no final! Continuar lendo

Natal vegetariano

Tem uns dias uma amiga super querida me pediu umas dicas de ceia de natal vegetariana, porque mesmo que ela coma carne, ia receber uma vegetariana na casa dela. Achei esse um tema super interessante, e resolvi pesquisar sobre. Eu já tinha umas idéias pra testar esse natal, mas fiquei ainda mais surpresa com as novidades! Vou contar:

comida vegetariana natal berlin tofurky Continuar lendo

Rübengemüse, Grünkohl e Pinkel

comidinhas do inverno – pt.1

Quando as temperaturas lá fora estão caindo, aqui na Alemanha começa a epoca das comidas gostosas do inverno. Tem certas coisas que só fazem sentido comer nessa epoca, sejá por que só crescem entre outono e primavera ou simplesmente por que tem um valor calorico bem mais alto. E como nós nos paises frios sabemos bem: pra aquecer o corpo precisa queimar energia:-).

IMG_20151205_160610_1

Beterraba e outros raizes – comida tipica do inverno alemão

Continuar lendo

Hurricane festival

Parece que o outono se instalou definitivamente por estas terras e o inverno está ali na esquina, dando razão ao Ned Stark mesmo. Começo, então, a postar aqui minhas andanças do verão e lembrar que bom era, ai ai…

hurricane festival comida vegetariana

Pela Europa, é grande a cultura de festivais, onde se acampa por uns 3 dias e fica o dia inteiro veindo show. Tem festival pra todos os gostos, de rock, de metal, de eletrônico, de medieval, de world music, é só dizer o estilo de musica e tem um festival equivalente. Eu sempre quis tentar essa coisa de acampar e ficar lá e tal, mas me parece que a epoca pra se fazer isso é lá pelos 20 anos, então eu meio que cheguei aqui atrasada. Não tinha companhia e por outro lado, muito medo da sujeira. Resolvi os 2 problemas de uma vez só: aceitei um job pra trabalhar num dos festivais de rock mais tradicionais aqui da Alemanha, o Hurricane, que acontece sempre em junho numa cidadezinha entre Bremen e Hamburgo. Eu serviria cerveja pras pessoas, assistia uns shows, ficava num acampamento separado, conhecia pessoas durante o trabalho e até deu pra ganhar um troco. Valeu a experiência! Continuar lendo