Devorando livros

Me dei conta que já contei aqui sobre livros de receita vegetarianos, mas nunca comentei de livros sobre vegetarianismo em si. Pois é, eu parti do princípio que quem chegou nesse site já é vegetariano, mas de repente tem um simpatizante ai, com vontade de ler, então resolvi listar alguns que já li. Não é um top 5, porque eu não fico lendo muito isso, e também porque eu não sou referência de nada, haha!

  1. Animal Liberation – Peter Singer

animal liberation peter singer

Esse livro é na minha opinião o básico. Se só tiver saco de ler 1 livro, leia esse. Aqui tá muito bem explicado, como só um utilitarista sabe explicar. Ele fala porque produção em massa de carne não tá com nada, é sofrimento e gasto desnecessário e como a nossa sociedade é imbecil em achar gato e cachorro fofinho e maltratar vaca e porco. É lindo, e ainda inventa um conceito que vai explodir sua cabeça, que é o especismo – preconceito de espécie. Se você ler esse livro e ainda assim quiser comer carne, eu respeito você. Eu discordo, com certeza, mas respeito. Todos os outros comedores de carne que não leram esse livro eu não respeito; e não fico discutindo quando eles fazem piada que alface também tem sentimento. Simples assim. Continuar lendo

Vöner

voener comida vegetariana berlin

Outro dia me dei conta, que nunca escrevi sobre esse lugar. Um verdadeiro clássico de Berlin. Tem quem diga que é O primeiro lugar vegetariano da cidade e esse titulo nessa cidade tão vega, olha… é uma coisa séria!🙂

O nome já é bem humor alemão, fazendo um trocadilho de Dönner Kebab, só que vegetariano. Vira então um Vöner. Sim, isso é uma piada.

Ha.

Ha. Continuar lendo

Vokü – cozinha do povo

Tem um lance aqui na Alemanha, que acho bem legal. Claro que o principio existe em varios lugares, nada mais é do que cozinha comunitária. Ok. Tem que existir mesmo. Mesmo assim, aqui tem um nome bacaninha, Vokü = Volksküche = cozinha do povo. Ou como gostam muito de escrever, Volxküche!🙂

comida vegetariana berlin vokü

Continuar lendo

Veg in Rio

Pois é. Esse final de semana finalmente fez um sol aqui em Berlin e eu me lembrei do Rio. Eu tive lá recentemente, comi umas comidinhas legais, como é de costume lá. Não deu tempo de ver nada novo, mas visitei lugares já conhecidos que continuam valendo a pena!

comida vegetariana rio de janeiro cobal Continuar lendo

Há Mathapa e Makofo vegetariano no Roda Viva em Lisboa

Como a Camila já falou no ultimo post, há pouco tempo fomos para Lisboa. Nem só aproveitamos um solzinho gostoso e temperaturas acima de 20 graus, mas também curtimos umas comidas e bebidas gostosissimas. Pela bebida todo mundo sabe que no Portugal nada é melhor do que um vinho verde ou um bom vinho tinto da regiao de Douro ou de Dão. E claro que não se passa um dia de ferias em Lisboa sem comer o famoso pastel de Belem ou de Nata🙂.

IMG_20160318_172929

O gostoso pastel de nata da confeitaria Manteigaria no Chiado

Continuar lendo

ChénChé

Nos proximos posts, não se surpreenda, porque vai ter uma enxurrada de dicas Lisboetas. Isso porque voltei da terrinha na outra semana. Enquanto isso, vou falar de um lugar maravilhoso aqui de Berlin: A casa de chá Chén Ché!

comida vegetariana berlin chenche Continuar lendo

Neontoaster

comida vegetariana berlin

Feliz 2016! Espero que tenham um ano muito legal, cheio de coisas boas e comidas (vegetarianas) super gostosas!

Pra voltar à tradição VegBerlin de começar o ano com um brunch legal, esse ano fomos à Wedding! Uma amiga do Axel super vegana e conhecedora de Italia deu a dica do café, que é justamente vegetariano e italiano. São 2 designers que colecionam moveis e louças vintage da alemanha oriental e fazem um brunch sensacional! O melhor é que se pode até tomar um limoncello no final! Continuar lendo