Vegan Circle Train Brunch – V.C.T.B. #1

Voltei das férias e do tunel wagneriano da dissertação de mestrado, eba! Aliás, por que essa coisa de dead line, trabalhos acadêmicos e tal têm que ser sempre tão dramático?

Enquanto vou pensando nessas respostas e ainda não atualizando as novidades sobre comidinhas gostosas, uma dica de evento que achei, pra não dizer o mínimo, curioso! Um brunch, assim, no trem de S-bahn. Esse domingo, as 11 da manhã.

Tem o evento no livro de caras, onde conta que estarão no último vagão do S41, que fica rodando por Berlin. Cada um traz sua comidinha, com cuidado para o fato que no trem não tem banheiro, então não trazer bebida demais. Bilhete é opcional, pois quando as pessoas têm bilhetes do mês ou ano, podem no domingo levar uma pessoa de carona, o que pode (ou não, dependendo da sua sorte) incluir pessoas que se juntam ao brunch.

No evento lá, já tem umas 100 pessoas confirmadas. Vai virar o samba no trem em Berlin! :)

Pirates, Banksy, Bristolpounds & Veggieburgers

Hello dear readers of vegberlin,

I was not posting anything the last months (!) and Camila already threatened to ban me of it. So I finally decided to write a post and by dooing so, internationalize it a bit. But thats not the only reason, why I write in English this time, its also because it is about a place in the UK – this time its all about Bristol! :-)

a city with maritime flair

a city with maritime flair

Continuar lendo

Vaust

O restaurante que vou falar é tão simpático, mas tão simpático, que atualmente concorrendo pelo posto de preferido entre os exclusivamente vegetarianos de Berlin. Super responsabilidade, né. E boa parte pelo serviço. Mentira, pela cerveja também. Eles fazem a própria cerveja vegetariana. Sei lá, né. Eu sempre achei que cerveja era vegetariana, mas pelo visto

a deles é ainda mais! Fora isso, fazem comida tradicional alemã, só que vega. É tipo melhor dos dois mundos!

vaust berlin Continuar lendo

Goodies

Meus queridos 2 leitores e tias, eu to morrendo pra entregar minha dissertação e por isso não escrevo mais! Eu fui nuns restaurantes mó legais e tal, mas rola maior culpa cristã de escrever. Maldito colégio católico, quando pensei que consegui virar atéia, lá está a culpa! (drama) Enfim, eu fico achando que pra sentar no computador é pra escrever tratados sociologicos e não sobre comida, então hoje vou falar de guleisemas num lugar socialmente correto, uhu!

goodies berlin Continuar lendo

Biowirtschaft

O Veg Berlin volta depois de um grande hiato devido aos estudos e outras coisas mais. Voltamos aos poucos, porque tem bastante coisa pra contar e pouco tempo pra ficar no computador com esse sol que finalmente venceu sua timidez e deu o ar de sua graça! :)

Pra começar, vou falar de uma das recentes e simpáticas descobertas vegetarianas, aqui nesse fantastico mundo de Prenzlauer Berg. Digo fantastico, porque é muito bio e vega demais. Até eu que gosto disso, as vezes fico meio de saco cheio! hahaha

biowirtschaft Continuar lendo

Rice Up

rice up oniguiri

Depois de longa ausência no lugar mais bundalado de Berlin, o vegberlin tá dominando neunkölln! hehehe, mentira, essa é só uma dica rápida que eu vi esses dias e queria compartilhar a alegria.

Seguinte: tem um pessoal aqui em Berlin fazendo oniguiri, que é tipo uma versão japonesa pra um snack, sanduiche, ou o que você quiser chamar. Eles vendem em algumas lanchonetes, de maneira meio irregular, outro dia vi até no supermercado orgânico Viv. Legal né!

rice up oniguiri

Pois bem, agora eles tem pelo menos um lugar fixo, com um quiosque na estação do U7 schönleinstr, mas detalhe que só abrem aos sabados! A vantagem de se despencar até lá é que comprando direto é bem mais barato. Enquando no mercado cobram 3€ e não tem todos os sabores, lá no quiosque custa a metade do preço e tem muito mais variedade! Vale lembrar que nem todos são vegetarianos, mas eles tem sim bastante variedade, que na maioria, inclusive, é vegana. Na foto em cima, o que comprei era de abobora hokaido com shitake. Muito phyno!!

Eu tenho um amor incondicional por oniguiri e mesmo que não tinha fome na hora que vi isso, comprei pra comer depois! Quando era pequena, tinha uma livraria no caminho da escola pra casa que por alguma razão misteriosa bizarra que só acontece no Rio, começou a vender Oniguiri. O meu irmão e eu, então, sempre comprávamos um na hora do almoço, era muito bom!

rice up oniguiri

Rasoterra

rasoterra barcelona

Esse é mais uma dica de um restaurante vegetariano em Barcelona que vale muito a pena conhecer. O Rasoterra fica bem perto da pracinha vega que falei, mas um pouquinho mais afastado do centro turístico, mesmo sendo pra mim tudo muito perto por ali. Esse bairro parece meio alternativo, com umas lojas de arte com grafite, roupas mudernas e coisas assim.

O diferencial do Rasoterra é que é uma comida mais elaborada que o Vegetalia e parece que a grande maioria dos ingredientes usados são criados pelo pessoal do restaurante mesmo, num esquema meio urban gardening, meio DIY, que é bem legal.

Continuar lendo

Vegetalia

O VegBerlin foi a Barcelona, e claro que adorou! Entre os maravilhosos tapas de vegetais , vinhos legais e cerveja estrela, deu pra conhecer a cena vega de lá, que por sinal é bem legal e criativa. Vale super a pena conhecer, até pra quem não é vegetariano. Sem esse de deixar o melhor pro final ou ter medo do lustre cair na comida, os 2 restaurantes que fui eram igualmente bons, sendo esse primeiro, só o primeiro mesmo, sem critério de preferência.

barcelona vegetariana

Continuar lendo

Burrito baby

Yey! O Vegberlin finalmente foi a Neunkölln!

De fato foi-se o tempo que os bairros alternativos de Berlin eram Prenzlauerberg e Krezberg. Hoje em dia no primeiro o que tem mais é café pra mamães na casa dos 40 anos que gostam de leite de amendoa no capuccino e Kreuzberg tem mais turista que qualquer coisa, mesmo que ambos ainda tenham seu charme e alguns habitantes e lugares originais.

Os predios em geral foram reformados, e os preços dos alugueis subiram bastante. Os jovens, estrangeiros, estudantes, que não tem assim um monte de grana pra pagar em aluguel acabaram indo pra outros lugares e Neunkölln têm se tornado nessa onda, um lugar bem popular. O bairro mudou de cara e o processo de gentrificação já começou por lá, com bares e restaurantes bacaninhas que nem esse dos burritos gostosos!

burrito baby berlin Continuar lendo